Você conhece a Candida?

17 de Setembro de 2012 at 17:54 1 comentário

 Débora de Mello Gonçales Sant´Ana

Turma da disciplina de Metodologia da Popularização da Ciência Aplicada a Farmácia de 2012.

A Candida? A Candinha? Filha da vizinha? Não, na verdade esta é outra, a Candida albicans e outras candidas, um grupo de fungos muito pequenos que não pode ser visto sem a ajuda de microscópios. Este fungo é redondinho então por isso recebe o nome de levedura. No passado, a cândida era conhecida como monília. Para ela sobreviver precisa estar no corpo de uma pessoa como você….. pois precisa de calor e umidade para sobreviver. Este fungo microscópico vive no trato gastrointestinal e genital feminino (especialmente na vagina) da maioria as pessoas. Como vivem normalmente nestes locais fazem parte do que era chamado antigamente de flora normal, hoje conhecida como microbiota, ou seja, nem sempre causam doenças. Mas, nas mulheres a “cândida” pode levar a infecções,tornando-se causadora de doenças. Isso ocorre porque as mulheres passam por variações hormonais, estresse, baixa imunidade,uso de anticoncepcionais, gravidez, etc. Nestes casos ocorrem mudanças no meio interno da vagina que possibilitam sua sobrevivência e aumento (e como aumentam !!! duplicando a população a cada período de 12-24 horas). Aí pronto! Tem-se uma candidíase, isso mesmo, o final íase indica uma inflamação causada por este organismo.

E agora?? Como saber se eu estou infectada?? Durante a infecção a mulher tem corrimento vaginal, eliminando uma secreção branca, que lembra leite coalhado e que coça MUITO….não tem cheiro e nem sempre é eliminada em grande quantidade. Isso é relativamente comum ao longo da vida da mulher e não indica nada de muito problemático, mas, precisa de tratamento, então, o ginecologista precisa ser procurado.Quando o médico retira um pouco da secreção vaginal, no microscópio será possível identificar qual ou quais microrganismos estão presentes e tratar tendo a certeza do causador da infecção. Normalmente, você vai usar pomadas vaginais de medicamentos antifúngicos. Um cuidado importante neste caso será não usar roupas apertadas, principalmente as íntimas que deverão ser bem lavadas e secadas ao sol.

Quando a mulher usa antibióticos para tratar infecções em outras regiões do corpo poderá matar outros microrganismos da microbiota normal da vagina, sobrando a cândida. Quando isso acontece a cândida tem tudo o que precisa para se multiplicar a vontade e dias depois, lá está…. a candidíase. Mas na maioria dos casos a solução é simples e com cerca de uma semana de uso da pomada vaginal a infecção será controlada e o equilíbrio ecológico restaurado. O que posso fazer para não ter? ainda não se sabe ao certo porque algumas pessoas repetem esta infecção e outras não. Mas, na maioria das mulheres o uso de roupas íntimas soltas e não sintéticas bem como uma vida equilibrada e longe do estresse podem ajudar a evitar esta infecção.

Entry filed under: Sem categoria. Tags: , , , , , , , , , , , , .

Porque em dias de frio quando respiramos, soltamos “fumaça” pela boca? Por que o vidro e o espelho ficam embaçados durante o banho?

1 Comentário Add your own

  • 1. http://benfanning.com/annual-performance-review/  |  16 de Agosto de 2014 às 21:24

    Whatt I hope yoou have chosen a customized estimate, contactt number, age
    and the like? If you have taken a home. Like most engineers, I’m
    only borrows kidding. Is the condition we have very strong concerns about repairs, you will barely find any bank offering
    what you are a bit and things will be required to provide financial literacy.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Site do MUDI

Arquivo


%d bloggers like this: