GADO + ANTI-INFLAMATÓRIO = -URUBUS

3 de Maio de 2014 at 11:49 Deixe um comentário

Por: Ellenn Pollyanna Alexandre Fernandes

Médica Veterinária CRMV – PR 10.666

Mestranda em Biociências e Fisiopatologia

UEM

11

  Que a vaca é um animal sagrado na Índia quase todos já sabem. É protegida por lei, ninguém pode comer, andam livremente até morrer e as carcaças não podem ser tocadas. Neste momento entra o papel fundamental dos urubus, isso mesmo, essa ave não tão simpática para alguns, porém essencial para o equilíbrio ecológico, visto que comem a carne e vísceras de animais mortos, já em estado de decomposição.

  Neste processo, os urubus prestam papel fundamental para a natureza recolhendo todo o “lixo” e ficando com o trabalho que ninguém quer.

  O que aconteceria se esses animais entrassem em extinção? Foi exatamente o que aconteceu na Índia, onde 99% das aves morreram em 15 anos. Uma tragédia!

  Mas o que teria acontecido? Após várias hipóteses, chegou-se a mais aceitável: o vilão se chama Diclofenaco, anti-inflamatório humano, conhecido popularmente por Voltarem® e Cataflam®, usado indiscriminadamente para tratar o gado bovino. Como a droga fica na carcaça do gado, e geralmente os urubus se alimentam em bandos, não demorou muito para que essas aves de hábitos necrófagos morressem aos montes, já que são sensíveis ao medicamento, levando à falência renal rapidamente.

  Atualmente a Europa está em alerta, pois o uso do fármaco é livre em alguns países. A Espanha é o principal lar de várias espécies de abutres, inclusive algumas ameaçadas de extinção. Especialistas temem que o que aconteceu na Índia, agora aconteça na Europa. Várias Organizações de proteção ao Meio Ambiente já estão na luta para impedir que o medicamento seja autorizado para uso indiscriminado, porém, existem os dois lados da moeda, e do outro lado, há a indústria farmacêutica que não pode deixar de lucrar.

  Agora a Índia aprendeu, existem vários projetos para reintroduzir essa ave e o diclofenaco foi substituído pelo meloxicam, com menos efeitos colaterais. Mesmo assim, ainda existe o uso ilegal da droga, bem como de outros pesticidas ilegais, que acabam matando não só urubus, mas outras aves tão importantes para o equilíbrio ambiental.

  Os abutres tem uma importante função ecológica, assim como todos outros animais, pois se alimentam de cadáveres, o que reduz a propagação de doenças transmissíveis, ou não, aos seres humanos  impedindo a contaminação dos lençóis de água.

12

Para saber mais:

Entry filed under: Sem categoria. Tags: , , .

O mundo nas pontas dos dedos Okara: um resíduo especial

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Site do MUDI

Arquivo


%d bloggers like this: