Saiba mais sobre a homeopatia!

15 de Junho de 2014 at 20:34 Deixe um comentário

Franciele Karina da Veiga de Sales

Farmacêutica. Mestranda em Biociências e Fisiopatologia – UEM

Mas o que é homeopatia?

1

Homeopatia é uma especialidade farmacêutica, médica, odontológica e veterinária que foi fundada no início do
século XIX pelo médico alemão Samuel Hahnemann (Figura1). Ela ganhou popularidade no final do século. Entretanto, com o advento da medicina moderna, a homeopatia foi vista como velha pelos praticantes da medicina convencional e a sua popularidade caiu. Essa tendência foi revertida recentemente e a homeopatia voltou a crescer em vários países.

A homeopatia baseia-se no princípio “Semelhante cura semelhante”. Isso significa que uma pessoa doente pode ser curada por um medicamento que é capaz de produzir sintomas parecidos em uma pessoa sadia. Em um tratamento homeopático, o clínico deve questionar cuidadosamente os sintomas, considerando a individualidade de cada paciente.

Para a homeopatia, as doenças são geradas pelo desequilíbrio do organismo. Portanto, o clínico homeopata não investiga somente sintomas isolados, mas considera o paciente como um todo, corpo e mente. Assim, a homeopatia trata o doente e não a doença.

O medicamento homeopático pode ser derivado de plantas, animais ou minerais. O farmacêutico homeopata produz os medicamentos homeopáticos através de uma técnica chamada dinamização (Figura 2). Essa técnica potencializa as propriedades medicinais da substância original. Os medicamentos homeopáticos estão disponíveis em diferentes formas farmacêuticas: tabletes, glóbulos, líquidos, pós, comprimidos, entre outras.

Figura 2 – Ilustração da Técnica de dinamização (diluições seguidas de sucussão, ou outra forma de agitação ritmada).

Figura 2 – Ilustração da Técnica de dinamização (diluições seguidas de sucussão, ou outra forma de agitação ritmada).

Segundo a Agência Nacional de Saúde – ANVISA, medicamentos homeopáticos são medicamentos dinamizados preparados com base nos fundamentos da homeopatia, cujos métodos de preparação e controle estejam descritos na Farmacopeia Homeopática Brasileira, edição em vigor, outras farmacopeias homeopáticas, ou compêndios oficiais reconhecidos pela ANVISA, com comprovada ação terapêutica descrita nas matérias médicas homeopáticas ou nos compêndios homeopáticos oficiais reconhecidos pela ANVISA, estudos clínicos, ou revistas científicas.

A homeopatia é frequentemente indicada para problemas do trato gastrointestinal, ginecológicos, dermatológicos, respiratórios, doenças alérgicas, entre outras. Além disso, pode buscar a cura para problemas emocionais como a depressão. Contudo, em alguns casos pacientes que sofrem de distúrbios graves como diabetes ou câncer não devem substituir a terapia convencional, porém existem estudos que demonstram benefícios com associação de medicamentos homeopáticos.

O Ministério da Saúde, em maio de 2006, publicou a portaria nº 971 que aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde. Entre todas as terapias complementares, a homeopatia é a mais popular.

Saiba mais em:

http://www.anvisa.gov.br/medicamentos/homeopaticos/index.htm

http://dtr2001.saude.gov.br/sas/PORTARIAS/Port2006/GM/GM-971.htm

Entry filed under: Sem categoria. Tags: , , .

Câncer de mama: porque você não se toca? Baleias-jubarte comemoram Dia Internacional da Biodiversidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Site do MUDI

Arquivo


%d bloggers like this: