Feiras de Ciências

22 de Maio de 2015 at 19:51 Deixe um comentário

Autora: Karine Delgado Souza

Biomédica, mestranda em Biociências e Fisiopatologia – UEM

As feiras são eventos sociais, científicos e culturais realizados nas escolas ou na comunidade, com a intenção de oportunizar um diálogo com os visitantes, e discussão sobre as pesquisas. Elas permitem a troca de experiências entre professor-aluno-comunidade, e são utilizadas para expor os projetos científicos realizados nas escolas, enriquecendo a sua formação cultural-escolar.

As feiras possuem papel motivador do ensino e da prática científica, tornando-se um espaço para a iniciação científica, desenvolvendo nos alunos o espírito criativo e levando a discussão de problemas sociais, além de envolver a participação de todas as disciplinas. A exposição de um determinado experimento ou pesquisa apresentado com interessante material visual e escrito, pode transmitir muitas informações úteis para todas as pessoas que tem curiosidade no assunto. Também abrem novas oportunidades acadêmicas e profissionais, tanto para os expositores como para seus professores.  Normalmente as feiras oferecem premiações para os melhores projetos apresentados, o que serve como estímulo para a elaboração de trabalhos que tenham impacto social.

No Brasil temos algumas feiras que se destacam como a FEBRACE (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia), que é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, que todo ano realiza na Universidade de São Paulo uma grande mostra de projetos, que incentiva a criatividade e a reflexão em estudantes da educação básica através do desenvolvimento de projetos com fundamento científico nas diferentes áreas das ciências e engenharia. Para conhecer mais sobre a FEBRACE acesse: http://febrace.org.br/

http://www.visualimagem.com.br/images/stories/eventos-2014/febrace-2014.jpg

Outra feira de destaque nacional é a FICIENCIAS (Feira de Inovação das Ciências e Engenharias), que é um espaço para estudantes apresentarem ideias criativas e inovadoras com intuito de contribuir com o conhecimento e a evolução no mundo das ciências. É também um local de troca de experiências que aproxima estudantes e professores do Ensino Fundamental, Médio e Superior do Paraná – Brasil; Alto Paraná, Canindeyu e Caaguazú – Paraguai; e a Província de Missiones – Argentina. A feira visa ainda promover a cultura científica, a disseminação e a popularização do método científico e experimentação como ferramenta do conhecimento. Para mais informações sobre essa feira acesse: http://www.ficiencias.org/

Fonte: http://www.engenhariacompartilhada.com.br/Noticia.Aspx?id=321548

Apesar de algumas feiras ainda não terem divulgação suficiente ou serem realizadas apenas em grandes metrópoles, estas continuam sendo excelentes veículos de divulgação científica, pois as informações e conhecimento transmitidos são corretos e precisos, passados de forma leve para que qualquer um que tenha interesse consiga compreender. Além disso, na maioria das vezes são eventos gratuitos, que despertam o interesse das pessoas de forma dinâmica, e influenciam crianças e adolescentes à curiosidade científica.

Para saber mais:

http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc11/v11a07.pdf

http://www.sbfisica.org.br/fne/Vol3/Num1/a07.pdf

https://correiociencia.wordpress.com/category/ciencia-poesia/

http://cinciaepoesia.blogspot.com.br/

http://www.spq.pt/files/docs/boletim/poesia/quase-poesia-quase-quimica-    jpaiva2012.pdf

Entry filed under: Sem categoria. Tags: .

História em quadrinhos: divulgando ciência para crianças e adolescentes O cinema e a ciência

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Site do MUDI

Arquivo


%d bloggers like this: