As Baratas-gigantes-de-Madagascar

22 de Abril de 2016 at 8:46 1 comentário

 

Nathália Cristina Gonzalez Ribeiro – Mestre em Biologia Comparada

Thaís da SilvaRegaçoni – Graduanda em Ciências Biológicas

Indivíduo macho de barata-gigante-de-Madagascar Foto: Nathália Cristina G. Ribeiro

Indivíduo macho de barata-gigante-de-Madagascar
Foto: Nathália Cristina G. Ribeiro

Muitas das vezes não notamos que em praticamente todos os lugares existem pequenas criaturas, à primeira vista, insignificantes, mas que podem nos surpreender com sua beleza e importância ao ambiente em que vivemos. A maioria das pessoas, ao ouvir o termo ‘barata’, sente um misto de medo e nojo que causa arrepios, porém nem todos os animais que recebem esse nome merecem tal tratamento.
Apesar de seu hábito geralmente calmo, as baratas-gigantes-de-Madagascar também possuem estratégias de defesa. Uma forma de afastar possíveis predadores é a emissão de um som que imita o ruído de serpentes. Também são especialistas em disputar território com outros indivíduos de sua espécie dando “cabeçadas”.
No MUDI (Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM)estão em exposição três indivíduosmachos deBarata-gigante-de-Madagascar (Gromphadorhina portentosa), espécie nativa da Ilha de Madagascar no continente Africano;animais fascinantes e completamente inofensivos. Desprovidos de asas, territorialistas, com hábitos calmos e alimentação baseada em compostos orgânicos de vegetais em decomposição, atraem a atenção de qualquer um.

          Por mais que seja grande a quantidade de pessoas que sentem medo ou nojo de baratas, as baratas-gigantes-de-Madagascar são comumente criadas para servirem de alimento para outros animais e até mesmo como bichos de estimação nos EUA, Japão, China, dentre outros países.São encontradas em grupos e chegam a viver aproximadamente 3 anos. Ao contrário das outras espécies de baratas, a Gromphadorhina portentosanão põe ovos! A fêmea em seu abdome os ovos fecundados e após 60 a 70 dias, dá a luz de 30 a 60 filhotes, que já nascem com o formato de barata (portanto, não fazem metamorfose).

Ficou curioso? Então visite o MUDI e conheça estes interessantes animais!

ww.megacurioso.com.br/

ww.megacurioso.com.br/

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

PORQUE NÓS ENSINAMOS E ELES NÃO APRENDEM? Como enxergamos?

1 Comentário Add your own

  • 1. Eduardo  |  11 de Dezembro de 2017 às 21:31

    Como assim não fazem metamorfose? Por favor retirem isso… Essa frase não deveria estar aí… Os ovos se desenvolvem dentro da ooteca no interior da fêmea… Quando as ninfas nascem, elas se parecem com os adultos e a partir dai vão passar por metamorfose até se tornarem adultas. Isso leva em torno de 6 meses

    Gostar

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Site do MUDI

Arquivo


%d bloggers like this: