A TUBERCULOSE NOS DIAS DE HOJE

4 de Dezembro de 2017 at 15:11 Deixe um comentário

Nathally Claudiane de Souza Santos

Biomédica pela Universidade Estadual de Maringá

Mestre em Biociência e Fisiopatologia

Doutoranda pelo PBF-UEM

Pneumotórax

Febre, hemoptise, dispneia e suores noturnos.
A vida inteira que podia ter sido e que não foi.
Tosse, tosse, tosse.

Mandou chamar o médico:
– Diga trinta e três.
– Trinta e três… trinta e três… trinta e três…
– Respire.

– O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.
– Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?
– Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.

            Autor: Manuel Carneiro de Sousa Bandeira

O texto acima retrata os sintomas vividos pelo autor que sofreu com a tuberculose no auge de sua juventude, Manuel Bandeira desistiu do sonho de ser arquiteto após receber o diagnóstico de tuberculose, denominada a “moléstia que não perdoa”. Naquela época, ass pessoas que possuíam esta doença eram internadas em sanatórios e viviam o restante de suas vidas isolados e a espera da morte, que não tardava. A falta de esperanças levou o famoso poeta entregar-se a uma vida dedicada à doença. Assim, Manuel Bandeira começou a retratar seus sintomas e emoções através da poesia.

Então o que é essa “moléstia que não perdoa” nos dias de hoje?

A tuberculose é uma doença causada pelo bacilo Mycobacterium tuberculosis, uma bactéria que entra no organismo do indivíduo pelo contato com as gotículas de saliva expelidaspela tosse de um portador da doença. Essas gotículas, contendo o bacilo (bactéria em formato alongado), são aspiradas por outra pessoa, chegando ao pulmão e inserem-se nas cavidades alveolares.

No pulmão, os bacilos se multiplicam e fazem com que o organismo da pessoa reaja, em uma resposta inflamatória e assimcomeçam a danificar o pulmão e os sintomas surgem. Como retratados pelo autor Manuel Bandeira, os sintomas mais frequentes são: tosse contínua por mais de três semanas, febre, hemoptise, falta de ar e suores noturnos.

– Hemoptise é a expulsão sanguínea ou sanguinolenta através da tosse, proveniente de hemorragia pulmonar;

No entanto, a doença não é mais tratada como uma “moléstia que não perdoa”, com os avanços da ciência a doença possui tratamento e grande possibilidade de cura. O tratamento é constituído por quatroantibióticos (rifampicina, isoniazida, pirazinamida e etambutol), usados em conjunto por no mínimo seis meses. A luta contra a tuberculose continua, porém respiramos aliviados com as pesquisas de novos fármacos e combinações.

 

 

Mais informações sobre a doença:

Ministério da Saúde: http://portalsaude.saude.gov.br/o-ministerio/principal/secretarias/svs/tuberculose

Organização Mundial da Saúde: http://www.who.int/tb/en/

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

A salva-vidas Zika no país das maravilhas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Site do MUDI

Arquivo


%d bloggers like this: